segunda-feira, 7 de março de 2016

Uma chance para recomeçar



Livro: Uma chance para recomeçar
Série Friday Harbor # 01
Autor(a): Lisa Kleypas
Editora: Novo Conceito
ISBN: 978-85-8163-600-9
Ano: 2014
Páginas: 176
Classificação: Romance


Sinopse:

Victoria morreu em um trágico acidente, deixando sua filha Holly sob a responsabilidade do seu irmão, o solteiro convicto Mark. O tio Mark não se sentia muito preparado para cuidar da menina, mas assumiu o compromisso de devolver o sorriso aos seus lábios. No entanto, ele desconfia de que não esteja fazendo um bom trabalho, uma vez que Holly nunca mais falou desde que ficou órfã. Uma cartinha para o Papai Noel revela um desejo que pode ser a chave da felicidade de Holly: ela só quer ter uma mãe.

Maggie perdeu o marido em uma batalha contra o câncer e não quer jamais - passar por tudo isso de novo. Por isso, ela fechou seu coração e prometeu a si mesma dedicar-se somente a sua nova loja de brinquedos em Friday Harbor, que permite às crianças viajar um pouco nas asas da imaginação. A amizade entre Maggie e Holly (que até passou a acreditar em fadas!) ao mesmo tempo comove e preocupa o tio Mark. Ele tem certeza de que a nova amiga fará bem a sua sobrinha, mas precisa decidir se a deixará entrar em sua própria vida...
Nós também torcemos, do fundo do coração, para que Holly tenha uma linda noite de Natal.



Minha opinião

Que delícia de livro!!
Claro que já começamos lendo ele e abrindo as torneiras, por conta da tristeza logo de cara, quando começa contando a tragédia da curta vida de Holly.

Seu tio Mark é pego desprevenido no papel de seu tutor, mas não dá para negar que ele se esforça bastante, para que a pequena Holly se sinta bem vinda e se adapte a sua nova vida.

Por outro lado, Maggie tem o dom de compreender Holly, e aos pouco, consegue quebrar a frágil casca que a menina criou, e com isto, ajuda tanto a menina quanto seu tio.

Nessa dinâmica toda vamos conhecendo a comunidade, e também o outro tio de Holly, que por sua vez, também tem uma vida para colocar nos eixos, mas ainda assim, se esforça para se fazer presente na vida da sobrinha.

A narrativa é leve e fluída, e, como exemplo dos outros livros desta autora, fácil de ler e gostar.
Indico para aquela pausa entre leituras mais pesadas, pois em uma sentada, o livro vai!

Boa leitura!

Nenhum comentário:

Postar um comentário