terça-feira, 8 de março de 2016

Entre a ruína e a paixão


Livro: Entre a ruína e a paixão
Série Clube dos Canalhas #03
Autor(a): Sarah MacLean
Editora: Gutemberg
ISBN: 978-85-8235-342-4
Ano: 2016
Páginas: 304
Classificação: Romance


Sinopse:

Uma noiva desaparecida na véspera de seu casamento. Um poderoso duque acusado de assassinato. Uma noite que mudou duas vidas para sempre. Temple viu seu mundo desmoronar quando acordou completamente nu e desmemoriado em uma cama repleta de sangue. Destituído de seu título e acusado de assassinato, o jovem duque foi banido da sociedade. Doze anos depois, recuperado em sua fortuna e seu poder como um dos sócios do cassino mais famoso de Londres, sua redenção surge quando a única pessoa que poderia provar sua inocência ressurge do mundo dos mortos. Após doze anos desaparecida, Mara Lowe se vê obrigada a reaparecer quando seu irmão perde toda a fortuna da família nas mesas do cassino do homem cuja vida ela arruinou. Temple quer provar a todos que é inocente e, sobretudo, se vingar e destruir a vida daquela mulher, enquanto Mara precisa enfrentar o passado para recuperar seu dinheiro. Assim, os dois formam um acordo obsceno que os une em um jogo de poder e sedução. Mas ambos descobrem que a realidade esconde muito mais do que as aparências revelam e eles se veem em uma encruzilhada na qual precisam escolher entre lavar a honra do passado e garantir o futuro ou ceder ao desejo de se entregarem de vez à irresistível atração que sentem um pelo outro, mas que pode arruiná-los para sempre.


Minha opinião

Aqui, o tom já fica um pouco mais sério ... mas mais pelo comportamento dos protagonistas, por que aqui, temos uma acusação de assassinato pesando sobre Temple, que, mesmo tendo o título de Duque, não se usa dele para se isentar da culpa que o corrói.

Mas o que mais pesa para ele, é o fato de não lembrar-se de absolutamente nada da fatídica noite, e quando Mara reaparece em sua vida, tudo o que ele mais quer, é saber o que realmente aconteceu naquela noite, pois agora, ele sabe que não a matou, mas não tem absoluta certeza do que aconteceu entre eles também, o que mais para frente lhe causa dúvidas e mais motivos para odiar Mara.

Mara por outro lado também carrega o peso da culpa, e por diversos fatores, que acabam sendo contados no decorrer da narrativa, mas, o fator decisivo que a leva a reaparecer na sociedade, é o fato de precisar reaver seus findos, perdidos por seu inepto irmão, no cassino de Temple.

Ela em busca de sua fortuna, ele, de sua redenção, nos coloca em uma narrativa envolvente, carismática, romântica, e claro, quentíssima também.

Uma delícia acompanhar o desenrolar dos acontecimentos, e como Mara e Temple lidam com a imensa atração que os une e a culpa que os separa.

Impossível deixar de lado esta série ... não deixe de encantar com os canalhas sedutores e queridos que Sarah MacLean nos apresentou nesta série.

Boa leitura!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário