segunda-feira, 29 de fevereiro de 2016

Um ano inesquecível




Livro: Um ano inesquecível
Autor(a): Babi Dewet, Bruna Vieira, Paula Pimenta, Thalita Rebouças
Editora: Gutemberg
ISBN: 978-85-8235-311-0
Ano: 2015
Páginas: 400
Classificação: Ficção, Infantojuvenil


Sinopse:

Dizem por aí que os melhores momentos da vida são vividos na adolescência. Os primeiros amores, os encontros, as festas, as viagens, as surpresas… E são sempre os instantes inesperados que transformam um dia comum em uma lembrança especial, daquelas que nunca deixarão de nos acompanhar.

Este é um livro sobre esses momentos doces e sensíveis que não se apagam da memória tão facilmente. Quatro contos, em quatro estações do ano, sobre jovens que passam por vivências e sentimentos intensos. Paula Pimenta nos leva em uma viagem de inverno. Babi Dewet conta como um outono pode mudar tudo. Bruna Vieira mostra a paixão brotando com a primavera. E Thalita Rebouças narra um intenso amor de verão. Histórias de um ano inesquecível que vão ficar para sempre!



Minha opinião

O livro é dividido em quatro contos curtos, referente a cada uma das estações do ano.

No inverno, Paula Pimenta narra a viagem de férias da protagonista Mabel, que faz drama de ter que viajar com a família e perder o acampamento de férias com os amigos. Por conta disto, ela quase se machuca pra valer, perde seu irmão, enlouquece os pais e deixa de curtir super férias esquiando no Chile. Alem de quase perder mais um montão de outras coisas legais também.
Bem focado no mundo adolescente, e um tanto chatinho, mas no final as coisas se ajeitam e o conto termina bem.

O outono fica por conta de Babi Dewet, que escreve um conto bem urbano, tendo São Paulo, a Avenida Paulita e o vão do MASP como pontos de referência na estória de Ana Julia e João Pedro. Ela, aspirante a advogada e ele aspirante a músico. è gostosinha a narrativa de como eles vão se conhecendo e se transformando no decorrer dos dias, e fiquei bem feliz com o final. De todos, foi o que mais gostei.

Já a primavera é da Bruna Vieira, que e realça bem a estação, começando pelo nome da protagonista, Jasmine. Ela odeia flores e vai mal nas aulas de matemática, o que lhe custa o castigo das aulas de reforço. Super drama, que acaba ficando legal, mais drama e no final as coisas se ajeitam, ainda bem. Bonitinho.

E por fim, o verão. E assim como o verão tem calor demais, o conto da Thalita Rebouças tem Drama demais. Se você ler o conto da primavera e achar que tem drama demais, se prepara que no verão vai ser pior. Por ser uma autora super aclamada pelos jovens, esperava um conto bacana, mas não com doses mega super over dramáticas ... Achei o conto permissivo demais, e adulto demais para o universo adolescente. As meninas agem como se já fossem adultas, mas não querem pagar a irresponsabilidade da mesma forma, então, meio fora da realidade demais.  Chega, paro por aqui pra não piorar a minha situação com a turma que gostou!!  ;)

Valeu a curiosidade, mas definitivamente, não é mais a minha praia.

Boa leitura!

Nenhum comentário:

Postar um comentário