sexta-feira, 28 de agosto de 2015

O véu da meia-noite


Livro: O véu da meia-noite
Série Midnight Breed # 5
Autor(a): Lara Adrian
Editora: Universo dos livros
ISBN: 978-85-7930-328-9
Ano: 2012
Páginas: 360
Classificação: Literatura estrangeira, Ficção


Sinopse:

Guerreira especialista em balas e lâminas, Renata é superior a qualquer homem - vampiro ou mortal. Mas a sua arma mais poderosa é o seu extraordinário dom psíquico - uma dádiva rara e mortífera. Agora um estranho ameaça sua independência ganha a tanto custo, um vampiro de cabelos dourados que a atrai para um reino sombrio... e prazer para lá da imaginação. 

Viciado em adrenalina, Nikolai distribui sua própria justiça pelos inimigos da Raça - e sua última presa é um assassino implacável. Uma mulher atravessa seu caminho: Renata, a guarda-costas sedutora e calma. Mas os poderes de Renata são testados quando uma criança que ama é ameaçada, e ela é forçada a pedir ajuda a Niko. Quando os dois unem esforços, quando o desejo alimenta as chamas de uma fome mais profunda, a vida de Renata é cercada por um homem que oferece o delicioso prazer de um vínculo de sangue... e uma paixão que pode salvá-los ou condená-los para sempre...



Minha opinião

Mais um livro da série finalizado !!!

Quando Niko é escalado para localizar o vampiro da primeira geração, Serguei Yakut, ele parte, já achando por ser da Ordem, e ter uma personalidade destemida, não encontrará problemas em cumprir rapidamente a sua missão.

Mas ele não conta com a pouca vontade de Sergei Yakut em ser encontrado, e vai de encontro com a sua guarda pessoal, que já de cara o nocauteiam. E este feito é obra de Renata, guarda costas pessoal do vampiro da primeira geração.

Renata é forte e independente de certa forma, mas subjugada por estar à serviço deste vampiro da primeira geração, que se nega a prestar atenção ao avisos da Ordem, de que está em perigo. E colocando assim, todos à sua volta em perigo, inclusive uma criança, com um estranho dom, que está sob seus cuidados.

Muita ação, e reviravoltas, algumas esperadas, outras nem tanto, e no meio de tudo isto, Niko reconhece o valor de Renata como companheira de raça, mas tanto ele, quanto ela, não querem aceitar o grande vínculo que estão criando entre si.

A autora continua coerente na sequencia, e claro, já sinalizando o que esperar para a sequência.

Ótima série, recomendo para quem gosta deste gênero!

Boa leitura!

Nenhum comentário:

Postar um comentário