quarta-feira, 8 de abril de 2015

Perdido em Marte



Livro: Perdido em Marte
Autor(a): Andy Weir
Editora: Arqueiro
ISBN: 978-85-8041-335-9
Ano: 2014
Páginas: 336
Classificação: Ficção científica


Sinopse:

Há seis dias, o astronauta Mark Watney se tornou a décima sétima pessoa a pisar em Marte. E, provavelmente, será a primeira a morrer no planeta vermelho. Depois de uma forte tempestade de areia, a missão Ares 3 é abortada e a tripulação vai embora, certa de que Mark morreu em um terrível acidente. Ao despertar, ele se vê completamente sozinho, ferido e sem ter como avisar às pessoas na Terra que está vivo. E, mesmo que conseguisse se comunicar, seus mantimentos terminariam anos antes da chegada de um possível resgate. Ainda assim, Mark não está disposto a desistir. Munido de nada além de curiosidade e de suas habilidades de engenheiro e botânico e um senso de humor inabalável , ele embarca numa luta obstinada pela sobrevivência. Para isso, será o primeiro homem a plantar batatas em Marte e, usando uma genial mistura de cálculos e fita adesiva, vai elaborar um plano para entrar em contato com a Nasa e, quem sabe, sair vivo de lá.


Minha opinião

Até gosto de ficção científica, mas não sou fã. Mas, quer saber? Achei este livro pra lá de divertido!!! ... ao menos, ele me rendeu umas boas gargalhadas!!  ;)

Mark Watney se descobre 'abandonado' a própria sorte, até aí, tudo estaria bem, se não fosse o fato, de que ele foi deixado para trás, em Marte, um planeta desolado e sem opção alguma de fuga ... e aí? Como faz?

Inteligente, esperto e bem humorado, mesmo nos momentos mais críticos, Mark não perde a oportunidade de fazer piada, mesmo que seja com ele mesmo, e eu poderia dizer que, ele faria o McGiver ficar com inveja das gambiarras que ele fez para poder sobreviver no ambiente hostil de Marte, sem enlouquecer.

Dinâmica e leve a narrativa pode até se tornar em alguns momentos chata, por causa das abreviaturas e nomes estranhos, mas a medida que você se habituar, fica mais fácil, e rápido de acompanhar.

E no final, só fiquei pensando, será que um astronauta realmente sobreviveria desta forma?? Espero que sim!

então, aos fãs do tema, super recomento, e para quem nem considerou, repense sua decisão, por que certamente, vai render algumas boas risadas!!!  ;)

Boa leitura!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário