segunda-feira, 23 de março de 2015

Boa noite, estranho - Detetive por acidente




Livro: Boa noite, estranho - Detetive por acidente
Autor(a): Jennifer Weiner
Editora: Novo Conceito
ISBN: 978-85-8163-575-0
Ano: 2015
Páginas: 432
Classificação: Ficção, Thriller, Romance policial


Sinopse:


Para Kate Klein, que, meio por acaso, se tornou mãe de três filhos, o subúrbio trouxe algumas surpresas desagradáveis. Seu marido, antes carinhoso e apaixonado, agora raramente está em casa. As supermães do play-ground insistem em esnobá-la. Os dias se passam entre caronas solidárias e intermináveis jogos de montar. À noite, os melhores orgasmos são do tipo faça você mesma.


Quando uma das mães do bairro é assassinada, Kate chega à conclusão de que esse mistério é uma das coisas mais interessantes que já aconteceram em Upchurch, Connecticut, nos últimos tempos. Embora o delegado tenha advertido que a investigação criminal é trabalho para profissionais, Kate se lança em uma apuração paralela dos fatos das 8h45 às 11h30 às segundas, quartas e sextas, enquanto as crianças estão na creche.

À medida que Kate mergulha mais e mais fundo no passado da vítima, ela descobre os segredos e mentiras por trás das cercas brancas de Upchurch e começa a repensar as escolhas e compromissos de toda mulher moderna ao oscilar entre obrigações e independência, cidades pequenas e metrópoles, ser mãe e não ser.



Minha opinião

Entramos na trama conhecendo um pouco de Kate, mãe e dona de casa, residente em um subúrbio, que não tempo para nada, sempre correndo para dar conta de cuidar da casa e seus três filhos, e sempre se sentindo aquém das expectativas, quando se comprar com suas impecáveis vizinhas, perfeitas mães e donas de casa.

Quando Kate acha que, enfim terá uma chance de entrar para o clube da perfeição, uma vizinha é assassinada, e por conta de uma pessoa em comum, a curiosidade de Kate é despertada, e ela se lança a investigar o assassinato, por conta própria.

Recheado de cenas hilárias e zero romance entre ela e o marido, nos divertimos com as travessuras das crianças de Kate e sua melhor amiga, além do medonho clube da perfeição.

Uma trama bacana, divertida e com pitadas de sarcasmo e suspense, que torna a leitura leve e fácil. Para quem gosta de romance policial, este cumpre o seu papel.

Boa leitura!

Nenhum comentário:

Postar um comentário