segunda-feira, 2 de março de 2015

A seleção




Livro: A seleção
Trilogia A Seleção - livro 1
Autora: Kiera Cass
Gênero: Romance / Literatura estrangeira
Editora: Seguinte
368 Páginas

Sinopse:


Para trinta e cinco garotas, a “Seleção” é a chance de uma vida. Num futuro em que os Estados Unidos deram lugar ao Estado Americano da China e mais recentemente a Illéa, um país jovem com uma sociedade dividida em castas, a competição que reúne moças de dezesseis e vinte anos de todas as partes para decidir quem se casará com o príncipe é a oportunidade de escapar de uma realidade imposta a elas ainda no berço. É a chance de ser alçada de um mundo de possibilidades reduzidas para um mundo de vestidos deslumbrantes e joias valiosas. De morar em um palácio, conquistar o coração do belo príncipe Maxon e um dia ser a rainha.

Para America Singer, no entanto, uma artista da casta Cinco, estar entre as Selecionadas é um pesadelo. Significa deixar para trás Aspen, o rapaz que realmente ama e que está uma casta abaixo dela. Significa abandonar sua família e seu lar para entrar em uma disputa ferrenha por uma coroa que ela não quer. E viver em um palácio sob a ameaça constante de ataques rebeldes.

Então America conhece pessoalmente o príncipe. Bondoso, educado, engraçado e muito, muito charmoso, Maxon não é nada do que se poderia esperar. Eles formam uma aliança, e, aos poucos, America começa a refletir sobre tudo o que tinha planejado para si mesma — e percebe que a vida com que sempre sonhou talvez não seja nada comparada ao futuro que ela nunca tinha ousado imaginar.



Minha opinião:

Este foi um daqueles livros, que se escolhe pela capa.

Eu estava a toa pela livraria, procurando alguma coisa bacana, e comprei este sem pretensão alguma, apenas por que a capa realmente me chamou a atenção, e por que gostei da sinopse.
Na época, nunca tinha ouvido falar de distopia, e só fui descobrir bem mais tarde o que era isto, durante alguma das conversas do projeto literário que participo.

No fim, foi uma boa aquisição, por que, assim que eu abri, não consegui deixar de lado.
A narrativa é fluída e empolgante, e claro, não parei ate chegar ao final, querendo muito, mas muito que saísse logo a continuação, por que eu estava desesperada de curiosidade!

Ah, eu já li esta série faz tempo, logo no lançamento, só estou aos poucos, colocando a minha lista de resenhas em dia ... e para isto, precisei dar uma relida em toda ela novamente. [Que chato! ;) ]

E posso dizer que novamente, fiquei apaixonada pelo Maxon, com a sua postura principesca, mas ao mesmo tempo, um garotinho querendo muito, muito, muito, amor e atenção para ele,  como pessoa, e não como príncipe.

América me irritou em alguns momentos, mas ok, em parte dá para entender o dilema dela.

Enfim, o tradicional triangulo amoroso [...que parece ser onipresente em todas série juvenis!] a competição e os problemas do país após o colapso, etc, etc, etc ... vou deixar de lado a parte política e focar no relacionamento entre América e Maxon, que é o que me interessa.

Bora partir pra a próxima releitura, por que logo tem livro novo desta série e eu quero estar com tudo bem memorizado, para não perder nenhum detalhe!

E para quem do gênero distópico e de uma concorrência nem tão leal assim, pelo amor de um príncipe, vale passar um tempo com esta série!!

Boa leitura!

Nenhum comentário:

Postar um comentário