sexta-feira, 13 de março de 2015

A fada



Livro: A fada
Autor(a): Carolina Munhóz
Editora: Novo Século
ISBN: 978-85-7679-536-0
Ano: 2011
Páginas: 222
Classificação: Ficção


Sinopse:

Alguns jovens ganham presentes caros, passagens aéreas ou festas surpresa em seus aniversários de 18 anos. Melanie Aine ganhou o falecimento do pai, uma estranha tatuagem e a descoberta de que não era um ser humano. Como se tudo isso não fosse suficiente, Melanie ainda descobriu, por detrás da enevoada e mística cidade de Londres, um mundo fantástico que até poderia ignorar, se não fosse parte importante dele. Um legado que traz com ele diversas tragédias e problemas pessoais ao qual ela não espera se adaptar, mas não sabe se terá opção. A única parte recompensadora parece ser seu encontro com um homem misterioso, oriundo de uma família bruxa poderosa, cuja relação caminha em uma linha bamba e tênue que separa afeto e fúria. Um afeto que pode levá-la à transcendência e à vida eterna. Uma fúria que pode conduzi-la a morte e ao esquecimento. Dentre muitos feitiços, lutas, criaturas mágicas e eventos sobrenaturais, A Fada é uma história de descobertas e superações, sobre como o amor pode fazer várias pessoas redescobrirem a vida e a magia nela. “Uma história repleta de magia e espiritualidade. Uma candidata a seguir os passos de Alexandra Ardonetto e Cassandra Clare.” Revista Época.


Minha opinião

De verdade? Não sei como podem querer comparar este livro com alguma coisa escrita por Cassandra Clare ou Alexandra Adornetto.

Só por que é uma autora nacional, não precisa exagerar, por favor!

A trama se situa em Londres [ ...por que não no Brasil, qual o problema ?!? ], é confusa e falta coerência ... uma hora você está na floresta, dali a pouco no meio da rua, personagens aparecem do além, sei lá ... demorei tempo demais para ler este livro, ele ficou empacado tempo demais, e nada ajudou a melhorar a minha opinião.

Se a tentativa é nos fazer acreditar que as fadas ainda existem, vai ser preciso melhorar muito.

Não gostei, e digo que não vale a pena investir nesta leitura.

Para os corajosos, só posso desejar uma boa leitura!

Nenhum comentário:

Postar um comentário