segunda-feira, 16 de fevereiro de 2015

Cidade do fogo celestial


Livro: Cidade do fogo celestial
Série Os instrumentos mortais - volume 6
Autora: Cassandra Clare
Gênero: Ficção 
Editora: Galera Record
532 Páginas

Sinopse:

ERCHOMAI, Sebastian disse. Estou chegando.

Escuridão retorna ao mundo dos Caçadores de Sombras. Enquanto seu povo se estilhaça, Clary, Jace, Simon e seus amigos devem se unir para lutar com o pior Nephilim que eles já encararam: o próprio irmão de Clary. Ninguém no mundo pode detê-lo — deve a jornada deles para outro mundo ser a resposta? Vidas serão perdidas, amor será sacrificado, e o mundo mudará no sexto e último capítulo da saga Os Instrumentos Mortais.



Minha opinião

OK. As coisas nunca estão ruins o suficiente, que não possam piorar, não é mesmo?
Eu já estava achando o Sebastian medonhamente assustador no livro anterior, neste então, ele extrapola qualquer classificação!! Nada segura a sua sede de vingança e de querer dominar o mundo como é conhecido. 

Então, enquanto Sebastian e seus Crepusculares se ocupam em destruir a Clave e os Caçadores de Sombras, do outro lado, Clary & Cia vai atrás da salvação.

Grandes perdas em vários grupos do submundo, novas alianças que se formam, muitas revelações, algumas injustiças, mas não podemos ter o final perfeito para um mundo que não é perfeito ... e claro, enfim o amor dá seu toque final ao livro, com o tão esperado casamento de Jocelyn e Luke, e os vários casais da trama enfim podem ter seus momentos de felicidade. Não que ainda no final não nos sejam reservadas algumas surpresas, mas mesmo acontecendo o esperado, a forma como se encerra é surpreendente. E claro, que ainda fica aquele 'gancho' para dar mais uma espremida para sair alguma coisa mais ... vai saber!

Como disse na última resenha desta série, já estava cansada deles, chega um ponto que parece que não vai mais. Empaquei por um tempo no livro, mas forcei um pouco e acabou que perto do final a leitura engrenou novamente, e consegui enfim terminar a leitura.

A favor de Cassandra Clare, posso dizer que ela manteve a linha, não viajou e nem se perdeu nas narrativas. Toda a série é bem agitada, cheia de suspense e muita ação. Claro, temos momentos tristes, e momentos de alegria e romance, enfim, tem de tudo um pouco, e, agora que toda a série está aí, vale sentar e ler tudo de uma vez, sem precisar esperar pela ansiedade da espera de alguma sequencia.

Para quem gosta do gênero, indico esta série.


Boa leitura!

Nenhum comentário:

Postar um comentário