terça-feira, 13 de janeiro de 2015

O ano da leitura mágica




Livro: O ano da leitura mágica
Autor(a): Nina Sankovitch
Editora: Leya
ISBN: 978-85-8044-265-6
Ano: 2011
Páginas: 232
Classificação: Memórias autobiográficas



Sinopse:
Um desafio: ler um livro por dia durante um ano. Você aceita? Essa foi a promessa que Nina Sankovitch fez a si mesma. Após perder a irmã mais velha para o câncer, e embora precisasse cuidar dos quatro filhos e lidar com os percalços que fazem parte do cotidiano de uma grande família, Nina cria uma jornada para si mesma: ler um livro por dia durante um ano inteiro. Nesse verdadeiro sonho literário, nossa heroína descobrirá que o ano de leitura mágica mudará tudo ao seu redor e que os livros são uma ótima terapia. O ano da leitura mágica também conta a história da família Sankovitch: o pai de Nina, que escapou da morte por um triz na Bielo-Rússia durante a Segunda Guerra Mundial; os quatro ruidosos filhos, que lhe recomendavam livros ao mesmo tempo que a ajudavam a cozinhar e a limpar a casa; e Anne-Marie, sua irmã mais velha e inspiração, com quem Nina compartilhou os prazeres da leitura, mesmo em seus últimos momentos de vida.


Minha opinião

Este livro foi escolhido para uma leitura coletiva do nosso grupo em 2014, e acabou também nomeando nosso projeto literário de 2015.

Nele, a autora e protagonista, Nina Sankovitch,  divide com o leitor a sua experiência de ler um livro por dia, durante um ano, decisão que ela tomou  às vésperas de completar 46 anos, e após a perda de sua irmã mais velha para um câncer.

No livro, ela entremeia a suas memórias, com os livros que lê, e compartilha seus pensamentos, conclusões, e o que cada livro acrescenta à sua vida e de que maneira este desafio transforma a sua vida.

A narrativa é equilibrada, fluída e com uma escrita clara e fácil de acompanhar. O livro tem momentos tristes assim como alegres e reflexivos, sem no entanto ser apelativo.

Sem contar que, para que gosta de ler, acrescenta mais uma série de livros à lista de leitura, pois a autora é muito boa em despertar a curiosidade pelos livros lidos durante seu ano literário.

Com muitas passagens marcantes, o livro merece ser lido com calma e vagar, para que durante a leitura se possa pensar e refletir a respeito dos temas apresentados, e quem sabe, aproveitá-los e de alguma maneira os aplicar em nossas vidas.



Sei, hoje, que o amor é uma força poderosa o bastante para sobreviver à morte e que a generosidade é a maior ligação entre mim e o restante do mundo." Nina Sankovitch


Boa leitura!

Nenhum comentário:

Postar um comentário