quinta-feira, 15 de janeiro de 2015

As batidas perdidas do coração




Livro: As batidas perdidas do coração
Autor(a): Bianca Briones
Editora: Verus
ISBN: 978-85-7686-322-9
Ano: 2014
Páginas: 406
Classificação: Romance brasileiro, New Adult

Sinopse:

Viviane acaba de perder o pai. Com a mãe em depressão, ela se vê obrigada a assumir o controle da casa com o irmão mais novo. Rafael teve o pai assassinado há alguns anos e agora viu quatro pessoas de sua família, incluindo a única irmã, morrerem em um acidente de carro. Viviane pertence a uma classe social que ele despreza. Rafael é tudo o que ela sempre ouviu que deveria evitar. Eles são opostos, porém dividem a mesma dor. Jamais se aproximariam se a morte não os colocasse frente a frente, e agora, por mais que saibam que são completamente errados um para o outro, não conseguem evitar uma intensa conexão, que poderá salvá-los ou condená-los para sempre.
As batidas perdidas do coração é uma história sobre perdas e como cada um lida com elas. É o encontro atormentado entre a dor e o amor. Com uma narrativa sexy, envolvente e repleta de música, este livro traz a última tentativa de duas pessoas arruinadas que, juntas, buscam desesperadamente se encontrar.


Minha opinião:

Fabuloso! É o que tenho a dizer sobre o livro de estréia de Bianca Briones.

Eu grudei absolutamente no livro, ri com as atitudes francas de Rafael, e com as respostas rápidas da Viviane, chorei com as perdas que eles enfrentaram tão cedo, e por todos os percalços do relacionamento dos dois. Fiquei feliz por, apesar de todas as dificuldades, eles terem amigos e família, que em momento algum desistiu deles, pois sabemos que são nos momentos mais difíceis e pesados de nossas vidas que precisamos de sustentação.
Pode ser uma narrativa fictícia, mas, por conta de algumas das dificuldades pelas quais eles passaram, eu me identifiquei um tanto, em algumas situações, e talvez por isso, tenha gostado tanto do livro.

A narrativa é dividida entre o ponto de vista de Viviane e Rafael, o que fez a estória fluir e deu sustentação, pois você acompanha a narrativa ora do ponto de vista dela, ora do ponto de vista dele. Isto não tornou o livro repetitivo nem chato.

Agitado, divertido, e com uma boa pegada [em todos os sentidos ...], o livro tem tudo na medida certa para prender a atenção do leitor da primeira à última página, sem contar que a playlist do livro é sensacional ... tanto que, reuni tudo e coloquei lá em baixo para quem quiser uma tarde inteira de boas música ... por que são muitas, e todas ótimas!

Ah, e nos capítulos finais do livro eu chorei ... muito, por tudo que dava errado, pelo sofrimento além da medida que a Viviane e o Rafael precisaram passar ... mas como o avô da Viviane disse, a vida bate em você, bate mesmo, e bate duro, mas nunca bate mais do que podemos aguentar.

Agora, é melhor parar por aqui, antes que eu conte todo o livro.

Super indico este livro!





Boa leitura!

Um comentário:

  1. Taranta gente falando desse livro, vou ter que por na lista.

    Bjs

    ResponderExcluir