sexta-feira, 20 de junho de 2014

Cinquenta tons de liberdade

Livro: 50 tons de liberdade
Autora: E.L.James
Gênero: Fição erótica 
Editora: Intrínseca
544 Páginas








Sinopse:

Quando a ingênua Anastasia Steele conheceu o jovem empresário Christian Grey, teve início um sensual caso de amor que mudou a vida dos dois irrevogavelmente. Chocada, intrigada e, por fim, repelida pelas estranhas exigências sexuais de Christian, Ana exige um comprometimento mais profundo. Determinado a não perdê-la, ele concorda. Agora, Ana e Christian têm tudo: amor, paixão, intimidade, riqueza e um mundo de possibilidades a sua frente. Mas Ana sabe que o relacionamento não será fácil, e a vida a dois reserva desafios que nenhum deles seria capaz de imaginar. Ana precisa se ajustar ao mundo de opulência de Grey sem sacrificar sua identidade. E ele precisa aprender a dominar seu impulso controlador e se livrar do que o atormentava no passado. Quando parece que a força dessa união vai vencer qualquer obstáculo, a malícia, o infortúnio e o destino conspiram para transformar os piores medos de Ana em realidade...


Minha opinião

Enfim, o tão esperado desfecho de Ana e Christian, o livro começa pela lua de mel deles, com o casamento sendo contato em partes pelas lembranças de Ana. Eu preferia ter lido ele na íntegra e com muitos detalhes dos bastidores, etc, etc, etc ... não se pode ter tudo, né?

Ainda muito possessivo em relação a Ana, Christian ao menos tem um motivo agora real, para se preocupar tanto com ela, depois de enfrentar algumas situações estranhas acontecendo em sua empresa. 

Um pouco mais calmo, e com mais rotina, mas não sem um pouco de ação, e com direito a perseguições e adrenalina [eba!], o desfecho deste casal é fofo, para quem gosta do final clichê, e para nossa alegria ainda tem um pouquinho do casal algum tempo depois do happy ending.

Li algumas críticas a respeito, mas no fim, eu só queria ler, por causa do romance e do final feliz. Sem comparações e sem críticas.

E pela última vez, leia com moderação !

Boa leitura! 

Nenhum comentário:

Postar um comentário