sexta-feira, 4 de abril de 2014

O diabo veste prada

Livro: O diabo veste prada
Autora: Lauren Weisberger
Gênero: Ficção
Editora: Record
410 Páginas







Sinopse:
Lauren Weisberger trabalhou como assistente da todo-poderosa-amada-e-odiada editora da revista Vogue, Anna Wintour. Assim, qualquer semelhança de O DIABO VESTE PRADA com a realidade não é mera coincidência. Neste irresistí­vel romance, o leitor irá conhecer Andrea Sachs, uma jovem recém-formada que conquista um emprego que deveria deixar roxas de inveja milhares de garotas: o de assistente de Miranda Priestly, reverenciada editora da revista Runway Magazine, a mais bem-sucedida revista de moda do momento. Logo ela percebe, porém, que o emprego pelo qual um milhão de meninas dariam a vida para ter pode simplesmente acabar com a dela.
De uma hora para outra, a jovem jornalista se vê num escritório onde as palavras Prada, Armani e Versace são lei e começa a conviver de perto com o fascinante mundo da moda. Fascinante, mas nem tão glamouroso assim. Ela logo percebe que, em lugar de escrever reportagens e editoriais de moda, seu trabalho na Runway será o de atender aos caprichos da chefe: Andrea precisa buscar as roupas de Miranda na lavanderia, ir à caça de baby-sitters para seus filhos, localizar do escritório em Nova York o paradeiro do motorista que deixou Miranda tomando chuva numa esquina de Paris e providenciar rapidamente a solução para pedidos os mais mirabolantes. Miranda é a personificação do pesadelo para Andrea.


Minha opinião
Eu acabei relendo o livro, para poder entrar no clima e finalmente fazer esta resenha mega atrasada ...
Como na primeira vez, achei a narrativa ótima, envolvente, animada e claro, sofri junto com a Andrea todos os mandos e desmandos de Miranda Priestly.
A rotina da revista é uma loucura, os pedidos de MP são absurdos, Emily não facilita em nada, o Christopher só aparece em momentos impróprios, e o Alex, é tudo de bom, mas poderia ter sido mais legal no final.
Claro que, no meio desta loucura toda, aos poucos ela se vê envolvida no glamouroso mundo fashion da Runway, mas no final, ela consegue sair disto e mostrar que não perdeu seu sonho jornalístico de ser algo mais além de uma vitrine ambulante.
Divertido e agitado, vale a leitura, principalmente se for antes de assistir ao filme, que até é legal, mas não condiz muito com a narrativa do livro.

Bjs e boa leitura!

Nenhum comentário:

Postar um comentário