terça-feira, 8 de abril de 2014

A once upon a time Tale - Despertar

Livro: A once upon a time Tale 
Despertar
Autora: Odette Beane
Gênero: Ficção
Editora: Planeta
304 Páginas




Sinopse:
Emma Swan sabe muito bem como se virar sozinha. Ela foi abandonada quando ainda era um bebê e a vida não tem sido exatamente um conto de fadas para ela. Quando o filho que ela abandonou anos atrás a encontra tudo se tornará ainda mais complicado. Henry tem 10 anos agora e acredita que a mãe tenha nascido em um mundo alternativo mágico e que, seja a filha desaparecida da Branca de Neve com o Príncipe Encantado. Emma não acredita em uma palavra, mas de acordo com Henry, ela é a única que pode quebrar a maldição, jogada pela Rainha Má, e que afeta todos os personagens dos contos de fadas. Eles estariam presos na nossa realidade, na cidade de Storybrooke, sem seus poderes mágicos e sem qualquer lembrança de quem realmente são.

Minha opinião
Eu adoro os contos de fadas ... Irmãos Grimm sempre fizeram parte da minha infância, e sou apaixonada pelos filmes da Disney.
E depois de ler a série Dragões de Éter do brasileiro Raphael Draccon, eu estava a procura de mais livros, que justamente fossem uma outra forma de apresentar, ou nos fazer ver, os contos de fadas.
Este livro é baseado na série de igual nome, que passa no canal fechado da Sony e na Record começou a passar este ano.
Não assisti a nenhum episódio (ainda ...) e ao ler o livro achei que é possível você acompanhar perfeitamente a narrativa, sem nem mesmo precisar assistir aos episódios.
Em um primeiro instante, é meio chocante perceber que a Branca de Neve e o Príncipe encantado seguiram a sua vida ... e tiveram uma filha!! Para mim, eles ficaram congelados naquele momento final em que foram 'felizes para sempre' .... kkkkk
Por outro lado, é interessante ler esta versão, como sendo a continuação da vida deles, e que nem tudo é perfeito.
A trama toda é bem movimentada, um drama um pouco exagerado, mas acredito que faça parte, afinal, é uma série de TV ... e tudo gira em torno de uma maldição rogada pela Madrasta de Branca de Neve. Ela por sua vez, salva Emma, a sua filha, a enviando para uma realidade alternativa, que corresponde à nossa realidade, enquanto todo o reino encantado fica preso em Storybrooke. Henry, o filho que Emma teve em sua adolescência e entregou para adoção, a encontra exatamente no dia do seu aniversário, querendo levá-la de volta a Storybrooke, pois ela é a única que pode quebrar a maldição e fazer com quer todos retomem suas identidades e voltem às suas vidas. E, independente de ser uma versão diferente, ou uma continuação do conto original dos irmãos Grimm, é interessante ter uma visão diferente em que nem tudo vai bem ou é tudo uma maravilha. Os personagens fictícios também precisam de um pouco de realidade!  ;)
Não posso fazer um comparativo à serie, já que não a assisti (... o que espero fazer em breve!), mas gostei bastante do livro, e, se você gosta de conto de fadas e adaptações diversas, e não liga para a incorporação de personagens diversos ao enredo, acho que vai gostar do livro também.

Divirtam-se e boa leitura!

Nenhum comentário:

Postar um comentário