quinta-feira, 27 de fevereiro de 2014

Riquezas Ocultas

Livro: Riquezas Ocultas
Autora: Nora Roberts
Gênero: Romance estrangeiro
Editora: Bertrand Brasil
518 Páginas




Sinopse:
No olho do furação. É onde se encontra Dora Conroy, dona de um antiquário da Filadelfia que compra uma série de itens curiosos em um leilão na Virginia - objetos que ela própria considera novidades engraçadas para a sua loja. Mas logo fica óbvio que as mercadorias estão atraindo algo de muito sinistro. Dora não sabe que esses artigos estão nas mãos erradas: as dela.
Do outro lado do país, o contrabandista Edmund Finley não imagina o que o espera. Ao abrir o pacote que deveria conter os valiosos objetos que tanto desejava, vislumbra algo completamente sem valor. Agora, não tem jeito: Edmund vai atrás de duas mercadorias, numa jornada desenfreada que só terá fim quando restituir a seu acervo aquilo que comprou r não recebeu. E, assim, o antiquário de Dora se torna alvo do criminoso.
Quando Dora e seu misterioso vizinho, o ex-policial Jed Skimmerhorn, começam a investigar os diversos roubos e mortes que cercam os itens arrebatados no leilão, descobrem um caminho sombrio que atravessa o continente até o contrabandista, que fará de tudo para obter essas riquezas ocultas. Assim como com as peças contrabandeadas, os dois correm o risco de ficarem presos para sempre nas perigosas mãos desse misterioso homem.

Minha opinião:
Já disse por diversas outras vezes que sou ã incondicional da Nora Roberts ... e este livro não decepciona!
Dora é uma mulher forte, sem perder a feminilidade, e osso duro de roer ... que o diga o ex-policia Jed, que mesmo com os seu problemas, não deixa nada a desejar como o mocinho da trama.

Uma trama bem escrita, que mistura romance com suspense e momentos divertidos durante todo o livro, que nos faz ler sem perceber, e poder deixar o livro de lado, pois queremos acompanhar logo o desfecho da narrativa.

Nem vou escrever muito a respeito, para não perder a graça.

Super indico para quem gosta de Nora Roberts!!

Boa leitura.

Nenhum comentário:

Postar um comentário