terça-feira, 29 de novembro de 2011

A batalha do labirinto



Livro:  A batalha do labirinto – volume 4 da série Percy Jackson e os olimpianos
Autor: Rick Riordan
Gênero: Mitologia grega – Literatura infantojuvenil
Editora: Intrínseca
392 Páginas
untitled

Descerás na escuridão do labirinto infinito,
O morto, o traidor e o perdido reerguidos.
Ascenderás ou cairás pelas mãos do rei espectral,
Da criança de Atena, a defesa final.
A destruição virá quando o último suspiro do herói acontecer ...
 
Sinopse:
Percy está prestes a começar o ano letivo em uma nova escola. Ele já não esperava que a experiência fosse lá muito agradável, mas, ao dar de cara com líderes de torcida monstruosas e mortas de fome, percebe que tudo, sempre, pode ficar pior.
Neste quarto volume da série, o tempo está se esgotando e a batalha entre os deuses do Olimpo e Cronos, o senhor dos titãs, fica cada vez mais próxima. Mesmo o Acampamento Meio-Sangue, o porto seguro dos heróis, torna-se vulnerável à medida que os exércitos de Cronos abrem caminho para atacar suas fronteiras, até então impenetráveis.
Para detê-los, Percy e seus amigos semideuses partirão em uma jornada pelo Labirinto de Dédalo – um interminável universo subterrâneo que, a cada curva, revela as mais temíveis surpresas.

Minha opinião:
Uau, cada vez mais desafios e mais dificuldades !
Percy está próximo de completar seus 16 anos, mas para isto ele precisa se manter vivo para saber se a profecia realmente se refere à ele …
Ou seja, esta é a parte difícil, pois aparentemente todo o mundo mitológico o quer mortinho … ou seja, ele é praticamente um alvo ambulante … e além disso tudo, ela começa a ter de lidar com algumas coisas de adolescentes … as que ele prefere deixar de lado, por que são complicadas demais … lutar com monstros é menos complicado do que tentar entender meninas.
Neste volume, toda a turma precisa se manter viva e encontrar Dédalo, para que ele os ajude a impedir que Luke destrua o acampamento Meio-Sangue, além de todo o resto do mundo da forma que eles o conhecem.
Além de precisarem de uma ajuda inesperada (e de fora do seu mundo “mitológico), encontrarem muitas surpresas e armadilhas pelo caminho, eles sabem que precisam correr contra o tempo, para tentar salvar o Olimpo da ira de Cronos.
Resumindo … grudei no livro e parei só na última página … de novo, bom D+!

Boa leitura!

Nenhum comentário:

Postar um comentário